Meu Perfil
Um blog de esquerda sobre política, literatura, música e cultura em geral, com algum arquivo sobre futebol. Estamos na rede desde 28/10/2004.



Email:
idelberavelar arroba gmail ponto com

No Twitter No Facebook No Formspring No GoogleReader RSS/Assine o Feed do Blog

O autor
Curriculum Vitae
 Página pessoal em Tulane


Histórico
 setembro 2015
 dezembro 2014
 outubro 2014
 maio 2014
 abril 2014
 maio 2011
 março 2011
 fevereiro 2011
 janeiro 2011
 dezembro 2010
 novembro 2010
 outubro 2010
 setembro 2010
 agosto 2010
 agosto 2009
 julho 2009
 junho 2009
 maio 2009
 abril 2009
 março 2009
 fevereiro 2009
 janeiro 2009
 dezembro 2008
 novembro 2008
 outubro 2008
 setembro 2008
 agosto 2008
 julho 2008
 junho 2008
 maio 2008
 abril 2008
 março 2008
 fevereiro 2008
 janeiro 2008
 dezembro 2007
 novembro 2007
 outubro 2007
 setembro 2007
 agosto 2007
 julho 2007
 junho 2007
 maio 2007
 abril 2007
 março 2007
 fevereiro 2007
 janeiro 2007
 novembro 2006
 outubro 2006
 setembro 2006
 agosto 2006
 julho 2006
 junho 2006
 maio 2006
 abril 2006
 março 2006
 janeiro 2006
 dezembro 2005
 novembro 2005
 outubro 2005
 setembro 2005
 agosto 2005
 julho 2005
 junho 2005
 maio 2005
 abril 2005
 março 2005
 fevereiro 2005
 janeiro 2005
 dezembro 2004
 novembro 2004
 outubro 2004


Assuntos
 A eleição de Dilma
 A eleição de Obama
 Clube de leituras
 Direito e Justiça
 Fenomenologia da Fumaça
 Filosofia
 Futebol e redondezas
 Gênero
 Junho-2013
 Literatura
 Metablogagem
 Música
 New Orleans
 Palestina Ocupada
 Polí­tica
 Primeira Pessoa



Indispensáveis
 Agência Carta Maior
 Ágora com dazibao no meio
 Amálgama
 Amiano Marcelino
 Os amigos do Presidente Lula
 Animot
 Ao mirante, Nelson! (in memoriam)
 Ao mirante, Nelson! Reloaded
 Blog do Favre
 Blog do Planalto
 Blog do Rovai
 Blog do Sakamoto
 Blogueiras feministas
 Brasília, eu vi
 Cloaca News
 Consenso, só no paredão
 Cynthia Semíramis
 Desculpe a Nossa Falha
 Descurvo
 Diálogico
 Diário gauche
 ¡Drops da Fal!
 Futebol política e cachaça
 Guaciara
 Histórias brasileiras
 Impedimento
/  O Ingovernável
 Já matei por menos
 João Villaverde
 Uma Malla pelo mundo
 Marjorie Rodrigues
 Mary W
 Milton Ribeiro
 Mundo-Abrigo
 NaMaria News
 Na prática a teoria é outra
 Opera Mundi
 O palco e o mundo
 Palestina do espetáculo triunfante
 Pedro Alexandre Sanches
 O pensador selvagem
 Pensar enlouquece
 Politika etc.
 Quem o machismo matou hoje?
 Rafael Galvão
 Recordar repetir elaborar
 Rede Brasil Atual
 Rede Castor Photo
 Revista Fórum
 RS urgente
 Sergio Leo
 Sexismo na política
 Sociologia do Absurdo
 Sul 21
 Tiago Dória
 Tijolaço
 Todos os fogos o fogo
 Túlio Vianna
 Urbanamente
 Wikileaks: Natalia Viana



Visito também
 Abobrinhas psicodélicas
 Ademonista
 Alcinéa Cavalcante
 Além do jogo
 Alessandra Alves
 Alfarrábio
 Alguém testou
 Altino Machado
 Amante profissional
 Ambiente e Percepção
 Arlesophia
 Bala perdida
 Balípodo
 Biajoni!
 Bicho Preguiça
 Bidê Brasil
 Blah Blah Blah
 Blog do Alon
 Blog do Juarez
 Blog do Juca
 Blog do Miro
 Blog da Kika Castro
 Blog do Marcio Tavares
 Blog do Mello
 Blog dos Perrusi
 Blog do Protógenes
 Blog do Tsavkko, Angry Brazilian
 Blogafora
 blowg
 Borboletas nos olhos
 Boteco do Edu
 Botequim do Bruno
 Branco Leone
 Bratislava
 Brontossauros em meu jardim
 A bundacanalha
 Cabaret da Juju
 O caderno de Patrick
 Café velho
 Caldos de tipos
 Cão uivador
 Caquis caídos
 O carapuceiro
 Carla Rodrigues
 Carnet de notes
 Carreira solo
 Carta da Itália
 Casa da tolerância
 Casa de paragens
 Catarro Verde
 Catatau
 Cinema e outras artes
 Cintaliga
 Com fé e limão
 Conejillo de Indias
 Contemporânea
 Contra Capa
 Controvérsia
 Controvérsias econômicas
 Conversa de bar
 Cria Minha
 Cris Dias
 Cyn City
 Dançar a vidao
 Daniel Aurélio
 Daniel Lopes
 de-grau
 De olho no fato
 De primeira
 Déborah Rajão
 Desimpensável/b>
 Diário de Bordo
 Diario de trabajo
 Didascália e ..
 Diplomacia bossa nova
 Direito e internet
 Direitos fundamentais
 Disparada
 Dispersões, delírios e divagações
 Dissidência
 Dito assim parece à toa
 Doidivana
 Dossiê Alex Primo
 Um drible nas certezas
 Duas Fridas
 É bom pra quem gosta
 eblog
 Ecologia Digital
 Educar para o mundo
 Efemérides baianas
 O escrevinhador
 Escrúpulos Precários
 Escudinhos
 Estado anarquista
 Eu sei que vivo em louca utopia
 Eu sou a graúna
 Eugenia in the meadow
 Fabricio Carpinejar
 Faca de fogo
 Faça sua parte
 Favoritos
 Ferréz
 Fiapo de jaca
 Foi feito pra isso
 Fósforo
 A flor da pele
 Fogo nas entranhas
 Fotógrafos brasileiros
 Frankamente
 Fundo do poço
 Gabinete dentário
 Galo é amor
'  Garota coca-cola
 O gato pré-cambriano
 Geografias suburbanas
 Groselha news
 Googalayon
 Guerrilheiro do entardecer
 Hargentina
 Hedonismos
 Hipopótamo Zeno
 História em projetos
 Homem do plano
 Horas de confusão
 Idéias mutantes
 Impostor
 Incautos do ontem
 O incrível exército Blogoleone
 Inquietudine
 Inside
 Interney
 Ius communicatio
 jAGauDArTE
 Jean Scharlau
 Jornalismo B
 Kit básico da mulher moderna
 Lady Rasta
 Lembrança eterna de uma mente sem brilho
 A Lenda
 Limpinho e cheiroso
 Limpo no lance
 Língua de Fel
 Linkillo
 Lixomania
 Luz de Luma
 Mac's daily miscellany
 O malfazejo
 Malvados
 Mar de mármore
 Mara Pastor
 Márcia Bechara
 Marconi Leal
 Maria Frô
 Marmota
 Mineiras, uai!
 Modos de fazer mundos
 Mox in the sky with diamonds
 Mundo de K
 Na Transversal do Tempo
 Nación apache
 Nalu
 Nei Lopes
 Neosaldina Chick
 Nóvoa em folha
 Nunca disse que faria sentido
 Onde anda Su?
 Ontem e hoje
 Ou Barbárie
 Outras levezas
 Overmundo
 Pálido ponto branco
 Panóptico
 Para ler sem olhar
 Parede de meia
 Paulodaluzmoreira
 Pecus Bilis
 A pequena Matrioska
 Peneira do rato
 Pictura Pixel
 O pífano e o escaninho
 Pirão sem dono
 políticAética
 Política & políticas
 Política Justiça
 Politicando
 Ponto e contraponto
 Ponto media
 Por um punhado de pixels
 Porão abaixo
 Porco-espinho e as uvas
 Posthegemony
 Prás cabeças
 Professor Hariovaldo
 Prosa caótica
 Quadrado dos Loucos
 Quarentena
 Que cazzo
 Quelque chose
 Quintarola
 Quitanda
 Radioescuta Hi-Fi
 A Realidade, Maria, é Louca
 O Reduto
 Reinventando o Presente
 Reinventando Santa Maria
 Retrato do artista quando tolo
 Roda de ciência
 Samurai no Outono
 Sardas
 Sérgio Telles
 Serbão
 Sergio Amadeu
 Sérgio blog 2.3
 Sete Faces
 Sexismo e Misoginia
 Silenzio, no hay banda
 Síndrome de Estocolmo
 O sinistro
 Sob(re) a pálpebra da página
 Somos andando
 A Sopa no exílio
 Sorriso de medusa
 Sovaco de cobra
 Sub rosa v.2
 SublimeSucubuS
 Superfície reflexiva
 Tá pensando que é bagunça
 Talqualmente
 Taxitramas
 Terapia Zero
 A terceira margem do Sena
 Tiago Pereira
 TupiWire
 Tom Zé
 Tordesilhas
 Torre de marfim
 Trabalho sujo
 Um túnel no fim da luz
 Ultimas de Babel
 Um que toque
 Vanessa Lampert
 Vê de vegano
 Viajando nas palavras
 La vieja bruja
 Viomundo
 Viraminas
 Virunduns
 Vistos e escritos
 Viva mulher
 A volta dos que não foram
 Zema Ribeiro







selinho_idelba.jpg


Movable Type 3.36
« Links :: Pag. Principal :: Prêmio Nobel de Literatura para Vargas Llosa »

sexta-feira, 08 de outubro 2010

Comparação entre os governos FHC e Lula

Lula-vs-FHC-2.jpg




Copie, circule. Este é o debate que nos interessa, não esses sofismas, acusações e ilações sobre fé e moral. A luta política com política se ganha. A mensagem é simples: nós governamos o Brasil melhor que eles, com mais crescimento, distribuição de renda e liberdade, que inclui sempre, claro, tanto a liberdade de culto como a liberdade de não ter fé nenhuma. A verdadeira diferença que deve ficar clara nesta campanha é a diferença entre dois projetos políticos, expressa de forma nítida nesta comparação.

Este belo cartaz foi feito pelo @ilustreBOB (que bloga aqui) e eu o roubei lá do Celso. Para quem quiser realmente se aprofundar nos números, o blog sempre sugere este pdf.



  Escrito por Idelber às 15:42 | link para este post | Comentários (93)


Comentários

#1

Por favor, Idelber, ponha também um link para o blog do IlustreBOB, tem uma boa discussão lá (e também é uma oportunidade de divulgar o trabalho desse moço, que nos presenteou com uma peça tão bonita).

http://ilustrebob.com.br/2010/10/lula-vs-fhc

Marcus em outubro 8, 2010 4:15 PM


#2

Mais um dado:

Lucro da petrobras em 2002: R$ 1 bi
lucro da petrobras em 2009: R$ 32 bi

A grande disputa destas eleições chama-se pré sal.

Pedro Migão em outubro 8, 2010 4:16 PM


#3

Valeu, Marcus! Eu não tinha reparado que ele blogava. Já acrescentei o link para o blog também.

Idelber em outubro 8, 2010 4:19 PM


#4

Copiado e passado adiante! Bela iniciativa!

Renata em outubro 8, 2010 4:30 PM


#5

Embora a instituição não seja nova, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em Nova Iguaçú, foi inaugurada este ano em um prédio construído desde os alicerces. Acho que valeria como universidade nova.

marcos nunes em outubro 8, 2010 4:30 PM


#6

E ele não se esqueceu de informar as fontes... muito bom.

Luciana de Alencar em outubro 8, 2010 4:35 PM


#7

O trabalho gráfico é incrível. O conteúdo que a gente já conhecia com uma roupagem mais agradável. Valeu pela divulgação!

Paulo Morais em outubro 8, 2010 4:35 PM


#8

Ainda bem que você linkou o pdf, Idelber, porque embora os números sejam verdadeiros e o design divertido, porque tem uns gráficos meio mandrakes, rs... vai ser a primeira coisa que a galera da direita vai apontar para nos chamar de apelões, você verá.

Thiago Leal em outubro 8, 2010 4:39 PM


#9

Eu sempre destaco com meus colegas de mestrado como as coisas melhoraram no ensino superior. É inegável as melhorias do governo Lula em praticamente todas as áreas desse país, Dilma foi parte fundamental desse processo. Caralho, eu nunca votei tão confiante como votei no primeiro turno e votarei agora. É Dilma 13 e fim de papo!

Vitor em outubro 8, 2010 4:46 PM


#10

Urgente: Os números do PIB per capita estão errados, o desempenho é muito superior.
Basta visitar o próprio link que você colocou: http://goo.gl/K0qr

Parece que você dividiu o valor em dólares pela cotação do dólar, ao invés de multiplicar...

Outra coisa, esses links curtos são perigosos, se a pessoa digita uma letra errada vai pra uma página completamente diferente, o que pode desacreditar o que você está dizendo.

Por que você não falou do Salário Mínimo? Acho que tem um bom apelo popular... Coloca a projeção do salário mínimo para os próximos 4 anos e mostra que supera o valor de 600,00 que o Serra prometeu (nem precisa colocar isso explicitamente, apenas mostrar que em 4 anos o SM vai ser muito maior do que R$ 600,00 considerando as projeções do PIB).

Coloca mais sites de jornalistas progressivos e dá destaque que são jornalistas de renome.

Talvez seja uma boa colocar o link para o site oficial da Dilma e nicks do twitter desses jornalistas. Se o PT já tivesse feito um site decente pra desmentir os boatos...

Outra bombástica: eu não sei os números, mas imagino que o número de igrejas (católicas + evangélicas + etc) deva ter crescido muito nos anos do governo Lula, uma clara demonstração que o Lula e o PT não vai combater nenhuma religião, pode ser um bom argumento para convencer os mais religiosos.

David Favaro em outubro 8, 2010 4:54 PM


#11

Oi, David, vou passar sua correção ao Bob, que é o autor do cartaz. Qualquer coisa, ele faz um retoque. Quanto aos "jornalistas progressivos", quando eles escrevem algo que me agrada, eu linko. Sempre linkei, ao contrário, aliás, da maioria deles. Em todo caso, obrigado. Abraços. Vou repassar sua observação ao Bob.

Idelber em outubro 8, 2010 4:59 PM


#12

Sobre o salário mínimo, acho que este texto, embora seja de 31/12/09, pode ajudar:

http://pedromigao.blogspot.com/2009/12/aumento-do-salario-minimo.html

Pedro Migão em outubro 8, 2010 5:17 PM


#13

Até que enfim uma trabalho que vale a pena! Depois de percorrer vários blogs, listas, recebi essa maravilha. É isso, se alguns dados estão faltando, se outros não conferem, não importa. A semente foi plantada, cada um que regue um pouco e a colheita virá 31 de Outubro. Parabéns

Estela em outubro 8, 2010 5:52 PM


#14

Faltou mais uma Universidade Federal criada pelo governo Lula: a Fronteira Sul (PR, SC e RS). Funcionando, com professores e servidores concursados.

Raquel em outubro 8, 2010 6:27 PM


#15

Algumas escalas estão roubadas, mas ficou muito bom mesmo.

Seria conveniente que algum tucano colocasse o lado dos tucanos -- com as estatísticas selecionadas para fazer o ponto que o governo FHC foi melhor. Daria um debate interessante mesmo.

Rafael M em outubro 8, 2010 6:28 PM


#16

Caro, tomei a liberdade de Copiar essa excelente comparação e posta em meu Blog. Parabéns!
Confira no meu >>>
Notícias que só o PIG dá http://twixar.com/8wIr

Stenio Urbano em outubro 8, 2010 6:39 PM


#17

Caro, tomei a liberdade de Copiar essa excelente comparação e posta em meu Blog. Parabéns!
Confira no meu >>>
Notícias que só o PIG dá http://steniourbano.wordpress.com/2010/10/08/noticias-que-so-pig-da/

Stenio Urbano em outubro 8, 2010 6:41 PM


#18

Parabens, é assim que se combate essa baixaria que tomou conta do debate político. Era de se esperar que isso acontecesse, uma vez que eles não tem o que mostrar.
SAgora é a nossa vez. Vamos mostrar o que temos e para onde vamos. Chega de Marinas, chega de enveredar pela seara religiosa,ela faz parte do debate, mas não é o principal. A fome a miséria são muito mais importantes e como combatê-las

Niedja Nora Durans Kinjo em outubro 8, 2010 6:44 PM


#19

Incrivelmente educativo, didático, esterrecedor.

Jorge Santos em outubro 8, 2010 7:01 PM


#20

Excelente!
É esse o tipo de campanha que queremos ver. Parabéns! Encaminhado para todos da minha lista de e-mails!

André em outubro 8, 2010 7:16 PM


#21

esse é o caminho idelmar! vamos combater em águas limpas e assistir a oposição atolando-se na sua própria lama!

juarez.j.j em outubro 8, 2010 7:27 PM


#22

E há ainda reservas internacionais, valor do salário mínimo, índices de inflação, juros (embora o governo Lula ainda pudesse ter caprichado um pouco mais nesse ítem), valor médio dos salários, deficit público (os tucanos andam divulgando umas mentirinhas à respeito desse número), programas de renda mínima, PAC, e por aí vai...
Boa iniciativa Idelber!

Sérgio Troncoso em outubro 8, 2010 7:47 PM


#23

Muito bom, é sempre bom lembrar do que é ÓBVIO ULULANTE. E vamos nessa, ganhar esta parada com trabalho bem feito.

Joao em outubro 8, 2010 7:49 PM


#24

As escalas tão absurdamente roubadas. Parece que a miséria caiu de 35% para 1,5%, e não para 15%, por exemplo

André em outubro 8, 2010 8:12 PM


#25

A comparaçao pode ser feita também nas cidades do interior onde as açoes do governo Lula mudaram completamente para melhor a perspectiva de muitas pessoas! É o nosso caso em Jaguarão, RS, aqui agora temos uma universidade, estamos restaurando um teatro historico, projetos do museu do pampa, entre outras coisas. Por isso não podemos retroceder ao atraso! Dilma13 presidente nos versos do Payador da Fronteira!Jaguarão e o Manifesto pelo Progresso! http://t.co/1V4wIVF

Jorge Passos em outubro 8, 2010 8:45 PM


#26

Legal, mas se esse é o debate que realmente importa por que o PT, a Dilma e a campanha não param de falar de aborto? Hoje o Lula foi no programa da Dilma tocar no tema. Então não adianta muito se enganar que não é o debate que realmente importa porque até o presidente do país está contrariando isso.
Quanto ao debate do aborto, o que é preciso resolver logo é a estratégia da candidata. Ou a Dilma diz que é a favor do aborto, assume a bucha e aguenta as consequencias (o que fala às ideias de muitos eleitores da Dilma, exemplo nos comentários desse blog) ou, sei lá, diz que era a favor e repensou, mudou de ideia. O que está esquisito é a Dilma, o Padilha, o presidente do PT, o Lula não pararem de tocar no assunto mas a candidata não responder a pergunta fundamental: afinal, Dilma é ou não é a favor do aborto?
Sou eleitor da Marina e sinceramente gostaria de saber a resposta. Gostaria de saber de vocês, eleitores da Dilma, se: 1 - ela é a favor ou contra o aborto; 2 - vocês são a favor que ela assuma posição a favor ou assuma posição contrária?

Carlos Bicalho em outubro 8, 2010 8:47 PM


#27

Carlos Bicalho,

Me engana que eu gosto.

Bruno Galvao em outubro 8, 2010 9:00 PM


#28

Facinho explicar o que aconteceu com os dados econômicos. De 94 a 2000 tivemos seguidamente o estouro da bolha .com, a crise do México, a moratória da Rússia, a crise dos Tigres Asiáticos. Foi uma década de retração econômica.

De 2000 a 2008 tivemos o maior período de expansão econômica mundial *da história* escrita. Não foi só no Brasil.

Isso explica muito bem os dados de miséria, crescimento do PIB e geração de empregos. (e o lucro da Petrobras).

O Lula pode ter até sabido aproveitar mais ou menos a onda (basicamente, mantendo os fundamentos economicos estabelecidos pelo governo anterior). Mas não foi o responsável por isso. Ele não é causa, ele é consequência.

Quanto ao resto, de fato a política de educação e C&T do Lula foi muito melhor, bem como a política ambiental (apesar de ambas estarem looooooonge do ideal ainda).

Mas usar esses dados brutos e sem qualificação adequada é falácia. Quantos empregos Lula "causou" e quantos foram causados pela crescente demanda internacional por minérios brasileiros? Difícil saber.

Rafael em outubro 8, 2010 9:15 PM


#29

O problema de alguns gráficos não está na escala em si. A escala da diferença relativa entre tetos e pisos está correta. O problema é que os pisos estão mais baixos do que deveriam.

Mas lembrem-se, esse erro é cometido em quase todos os infográficos publicados pela imprensa. Alguns designers dizem até que não é erro, é apenas uma simplificação para diminuir o tamanho do gráfico e focar nas diferenças.

Marcus em outubro 8, 2010 9:24 PM


#30

Rafael,

É bom vc ter colocado essa falacia a mito repetida: na época do FH, o mundo só teve crises e o Lula teve apenas ceu de brigadeiro. O crescimento médio mundial entre 1995 e 2002 foi igual ao do período entre 2003 e 2010. A diferenca era que qualquer crise em algum lugar no mundo afetava muito o Brasil, enquanto no Lula a Maior Crise economica mundial desde a depressao de 1930 nao provocou um efeito tao danoso quanto antes.

Bruno Galvao em outubro 8, 2010 9:45 PM


#31

Nem que a vaca tussa, eu votaria no Netinho. Que baita constrangimento para as esquerdas! É indefensável que alguém que bate/bateu/batia em mulher saia candidato pela coligação. Elegê-lo senador seria uma enorme contradição, um péssimo exemplo e total negação das bandeiras e lutas e pela emancipação da mulher.

Em Minas, o Hélio Costa não teria meu voto também. Foi um dos piores ministros de Lula (senão o pior) e iria castigar os pobres mineiros com seu oportunismo e incompetência.

Roseana Sarney, fora de cogitação (juntamente com outros "aliados" complicadíssimos). Mas votei em Cristóvão Buarque mesmo tendo jurado que nunca mais iria fazê-lo na vida. Algumas concessões são possíveis, outras impensáveis.

Acredito que muitos eleitores do Psol no DF não acompanharão a orientação sectária e estreita da direção do partido. É muita irresponsabilidade e desamor por Brasília, lavar as mãos quanto ao fato de devolver, ou não, a chave do cofre e a toda-poderosa caneta de governador para a quadrilha Roriz.

Cafu em outubro 8, 2010 9:46 PM


#32

O logotipo do PSDB parece muito maior que o do PT nesse cartaz.

Hudson Lacerda em outubro 8, 2010 9:51 PM


#33

Já pensou este “panfleto”(?), com TODOS os dados de comparação que existem, sendo distribuidos em massa nas universidades, escolas de 2.0 grau, cursinhos, centros, bairros, etc….E ainda constando a foto da Dilma e do Lula com o número do PT já como “cola” para a votação?? Recursos a campanha tem, é só contratar quem fez a arte, completar os dados, imprimir e distribuir. E na Internet vocês(PHA, Azenha, Nassif, Rodrigo, Brizola, etc..) e nós, além obviamente do Marcelo Branco, poderíamos fazer um estrago daqueles….

Panambi em outubro 8, 2010 10:45 PM


#34

Já pensou este “panfleto”(?), com TODOS os dados de comparação que existem, sendo distribuidos em massa nas universidades, escolas de 2.0 grau, cursinhos, centros, bairros, etc….E ainda constando a foto da Dilma e do Lula com o número do PT já como “cola” para a votação?? Recursos a campanha tem, é só contratar quem fez a arte, completar os dados, imprimir e distribuir. E na Internet vocês(PHA, Azenha, Nassif, Rodrigo, Brizola, etc..) e nós, além obviamente do Marcelo Branco, poderíamos fazer um estrago daqueles….

Panambi em outubro 8, 2010 10:46 PM


#35

Já pensou este “panfleto”(?), com TODOS os dados de comparação que existem, sendo distribuidos em massa nas universidades, escolas de 2.0 grau, cursinhos, centros, bairros, etc….E ainda constando a foto da Dilma e do Lula com o número do PT já como “cola” para a votação?? Recursos a campanha tem, é só contratar quem fez a arte, completar os dados, imprimir e distribuir. E na Internet vocês(PHA, Azenha, Nassif, Rodrigo, Brizola, etc..) e nós, além obviamente do Marcelo Branco, poderíamos fazer um estrago daqueles….

Panambi em outubro 8, 2010 10:47 PM


#36

Gráficos a parte, FHC recebeu um ABACAXI que começou a ser descascado no governo do Itamar, e o entregou descascado pro Lula, que fez o suco...e estatísticas tem que levar vários fatores em conta,desde crescimento populacional até esse:¨recebeu as chaves do carro, e só botou combustível..e correu!

Iol em outubro 8, 2010 11:24 PM


#37

Gráficos a parte, FHC recebeu um ABACAXI que começou a ser descascado no governo do Itamar, e o entregou descascado pro Lula, que fez o suco...e estatísticas tem que levar vários fatores em conta,desde crescimento populacional até esse:¨recebeu as chaves do carro, e só botou combustível..e correu!

Iol em outubro 8, 2010 11:24 PM


#38

FHC recebeu um ABACAXI que começou a ser descascado no governo do Itamar, e o entregou descascado pro Lula, que fez o suco...e estatísticas tem que levar vários fatores em conta,desde crescimento populacional até esse:¨recebeu as chaves do carro, e só botou combustível..e correu!

Iol em outubro 8, 2010 11:25 PM


#39


salve, idelber,

esse é o caminho. comparação com os oitos anos de fhc.
enquanto a campamha do adversário distribui um post com serra prometendo mundos e fundos para os militares das forças armadas, fazem um post desse tamanhão e se esquecem de falar no desmonte efetuado pelo fhc nos seus 8 anos.

cadê a comparação? plano estratégico, admissão de profissionais formados nos serviços auxiliares das tres forças, aumento do percentual de mulheres militares, construção e compra de corvertas e submarinos, compra de aviões,etc.

è brincadeira, ildeber, né não ?

carlos anselmo-fort-ce em outubro 8, 2010 11:40 PM


#40

Ó cumpadi roubo por roubo, conta aí pra turma que esses gráficos foram chupados, até na apresentação gráfica, duma bela matéria da revista Época. [É, aquela da editora Globo, qu deu matéria de capa sobre Dilma guerrilheira.

SLeo em outubro 8, 2010 11:47 PM


#41

Aldir Blanc não lava as mãos e declara o seu voto:

http://butecodoedu.blogspot.com/2010/10/aldir-blanc-declaracao-de-voto.html

Cafu em outubro 8, 2010 11:55 PM


#42

Sem discutir os méritos, gráficos fora de escala é jogo baixo.
Não engana, qualquer um que lê os números sabe que o PIB/capita não caiu pela metade nem a miséria foi reduzida a quase zero, mas sim pela metade, mas é no mínimo misleading.

RIque em outubro 9, 2010 1:08 AM


#43

corrigindo #42
sabe q o PIB per capita não *dobrou*

Olhando de novo, pela escala parece que na verdade triplicou

Rique em outubro 9, 2010 1:18 AM


#44

Sugiro colocar o aumento do salário mínimo x inflação, a relação dívida / PIB e a correção da tabela do IR de pessoa física (ao classe média, preste atenção) x inflação.

Márcio em outubro 9, 2010 1:29 AM


#45

Bom trabalho! Recomendo também os posts em http://muitopelocontrario.wordpress.com/ sob a tag Quer que eu desenhe?. Vale a pena também.

Adriano Matos em outubro 9, 2010 2:16 AM


#46

Esqueceram de comentar que o grande aumento de empregos está justificado pelo inchaço da horda do governo. Outro ponto: o Brasil não precisa de mais universidades e sim, de escolas de formação técnica. As comparações apresentadas, totalmente anacrônicas, me parecem meramente anafilaxia da militância.

Maurício em outubro 9, 2010 2:55 AM


#47

‎"A vileza é uma qualidade que, nas questões de honra, supera e suplanta qualquer outra. Se, por exemplo, durante uma discussão ou um colóquio, outro demonstra um conhecimento de causa mais exato, um amor mais rigoroso à verdade e um juízo mais sadio que nós, ou uma superioridade intelectual qualquer que nos faça sombra, podemos logo eliminar essa e qualquer outra superioridade, para não dizer nossa própria inferioridade assim posta a nu, e por nossa vez sermos superiores, tornando-nos vis: uma vileza prevalece e leva a melhor sobre qualquer argumento e, a não ser que nosso adversário não replique com uma vileza ainda maior... somos nós os vencedores, a honra fica conosco, e a verdade, o conhecimento, o espírito e o engenho devem cair fora, derrotados e encurralados pela vileza." Serra aprendeu direitinho. Aposto que lê fragmento do Schopenhauer todas a vezes que se mete a tecer argumentos políticos, pois sempre descamba pra desqualificação, pro trololó ou para a calúnia pura e simples.

F. A. Barros em outubro 9, 2010 2:57 AM


#48

Caro Mauricio, no governo de FHC se contratava gente para o governo sem concurso e por tempo determinado, enquanto no governo Lula se contratou pessoas em emprego permanente via concurso. Perca seu tempo em ver as planilhas do IBGE e Min. do Trabalho, e verá que 90% das contratações foram para carreiras de médicos, professores, policiais, agentes fiscais, fora os empregos do judiciário. Assessorias (que todos ficam de olho) e outras carreiras sempre são minoria nesses casos.
Mas eu vou lhe ajudar, fazendo um exercício mental sobre como pessoas como o Sr. querem que o cidadão comum (haja desaviso!) pense: "Os mais de 15 milhões de empregos criados no governo Lula foram a maioria no governo e quase nenhum na iniciativa privada, e foram assim distribuídos: 4 milhões de sindicalistas, 4 milhões para comunistas (não sindicalizados), 4 milhões para parentes dos ministros, 2 milhões o Lulinha distribuiu para os amigos, 500 mil ficaram com os filhos da Erenice, e 500 mil foram para os assessores do irmão do Genoíno (o aumento do faturamento das fábricas de cuecas se deve a isso, e não porque o país está crescendo), o que sobrou de resíduo é para amigos parlamentares impulsionarem emendas pró-aborto (afinal voce sabe que Dilma vai querer assassinar algumas criancinhas depois de eleita). Tá bom assim? Já fica para os caras iguais a voce copiarem e colarem.
Um abraço.

Sérgio Troncoso em outubro 9, 2010 11:39 AM


#49

"O grande aumento de empregos está justificado pelo inchaço da horda do governo". Ai caramba, em que planeta esse pessoal vive?

E, Idelber, desculpe o spam, mas eu escrevi um post sobre os movimentos de Marina Silva no segundo turno. Espero que você leia e goste.

http://velhofarol.wordpress.com/2010/10/09/marina-silva-e-o-segundo-turno

Marcus em outubro 9, 2010 12:09 PM


#50

Porque vou votar no Serra.
Assim como Jussara Seixas, eu também tenho motivos iguais, pois
Sou Classe Média
Papagaio de todo Telejornal
Eu acredito na imparcialidade
Da revista semanal. (Max Gonzaga)
De uns tempos para cá (há uns oitos anos) a minha vida mudou para pior, vou a supermercado está sempre lotado, filas imensas no caixa, tenho que disputar espaço nos supermercados sem falar nas vagas nos estacionamentos.
Resolvo então ir ao shopping, e o mesmo problema, poucas ou nada de vagas no estacionamento, no corredor as lojas, lotados, se entro em alguma loja tenho que aguardar a minha vez para ser atendido. Praça de alimentação lotada.
Que saco! De onde veio essa gentalha!!
Fim de semana bares e restaurantes lotados!
Se você acha que para por ai, que nada, tem fila até nos aeroportos, acabou a tranqüilidade nos aeroportos, parece até rodoviária, não há avião que chega.
E a fila não é só para vôos internos não, tem gente viajando para fora do país. Olhem a imagem do Brasil lá fora!
Que saco! De onde veio essa gentalha!!
Por motivo de saúde tive que deixar de dirigir por algumas semanas e como ainda não estou podendo pagar taxi quatro vezes por dia tive que utilizar o transporte urbano, aqueles ônibus cheio de gente, mas o pior são aquelas pessoas com celular para todos os tipos e gosto, tem até gente assistindo TV nos coletivos, aonde vamos parar! Outro dia vi um passageiro todo feliz, se achando, porque tinha comprado um notebook, e outro porque tinha trocado de celular, por um moderno.
Vejo pessoas com sacolas de lojas, onde eu costumo fazer as minhas compras! Assim não pode assim não dá!
O filho do pedreiro tem computador em casa, TV de LCD virou coisa comum, quase todo mundo tem!
Faculdade, ah faculdade! Agora todo mundo faz faculdade, a filha e o filho da manicure da minha mulher estão fazendo faculdade. Que absurdo!
Por isso vou votar no Serra, pois tenho certeza que ele vai resolver os problemas dos congestionamentos, colocando pedágios a cada 5 km nas avenidas e ruas e nós poderemos andar tranqüilos.
Vou votar no Serra para que ele coloque as filas nos seus devidos lugares, como por exemplo, as filas do INSS, cadê as filas do INSS?!.
Tenho que agendar serviços com pedreiro, a minha mulher com a manicure, diarista nem pensar, sumiu da praça e quando encontro uma tenho que pagar o olho da cara.
Antigamente (há uns oitos anos) por 10 reais eu encontrava fácil, fácil alguém para limpar o meu quintal, hoje não tem ninguém.
Por isso vou votar no Serra que com certeza vai acabar com a farra do Bolsa Família, dinheiro que poderiam ser investido em cultura, subsidiando as grandes mídias.
É inadmissível ver a revista Veja passando por dificuldades financeiras.
E esse negócio de Luz para todos! Haja hidroelétrica para atender 190 milhões.

Minha renda extra está indo para a cucuia, pois tenho casas de aluguel e todo mês perco um cliente por causa dessa desgraça da Minha Casa Minha Vida!
Até já abaixei o preço do aluguel, mas está difícil manter as casas alugadas.
Ainda tem o problema da segurança! Policia Federal antigamente era para emitir passaporte, agora de uns tempos para cá (há uns oitos anos) é operação que não acaba mais.
Cansei, vou votar no Serra porque quero a minha tranqüilidade de volta!
Quero que a getalha volte para o seu lugar!

Por quê?
Sou Classe Média
Papagaio de todo Telejornal
Eu acredito na imparcialidade
Da revista semanal. (Max Gonzaga)
José Silva

Jose em outubro 9, 2010 12:22 PM


#51

Como CRISTÃO COERENTE, acredito no DIREITO INCONDICIONAL À VIDA.

ABORTO, em qualquer circunstância, é ASSASSINATO.

Se a mulher concebeu, mesmo que tenha sido estuprada, a CRIANCINHA É INOCENTE. Deus quis que ela viesse ao mundo.
Ir contra a vontade de Deus é PECADO.

Se a gestação põe a vida da mãe em risco, uma VERDADEIRA CRISTÃ PREFERE MORRER a ASSASSINAR UMA CRIANCINHA INDEFESA.

Como cristão coerente, estou pregando o VOTO NULO.

Dilma é comunista, e a favor da liberação do aborto.

Serra assinou portaria implantando o aborto no SUS.

Ele diz que só cumpriu a lei. Mas este é o argumento de Pilates! Um verdadeiro cristão preferiria pedir exoneração do cargo, e se preciso, até morrer, a ASSINAR UMA LEI ASSASSINA.

SERRA TEM AS MÃOS SUJAS DO SANGUE DE CRIANCINHAS INOCENTES!

VOTE NULO!!!!

Cristão coerente em outubro 9, 2010 12:50 PM


#52

Pô, "Cristão Coerente" é levantar a bola pra a gente cortar, né não?

Cajueiro em outubro 9, 2010 1:10 PM


#53

Pô, "Cristão Coerente" é levantar a bola pra a gente cortar, né não?

Cajueiro em outubro 9, 2010 1:10 PM


#54

que o serra assina em público não vale muito, né?

a Marina vai apresentar um plano "verde" para os dois candidatos

santa ingenuidade, Marina!!!!! você acredita no mais preparado dos demagogos?

lembra-se que, quando fhc e seu superministro deixaram o poder

praticamente não existiam carros a álcool no Brasil?

puxe da memória, Marina; que ações, que programas para o meio ambiente existiam naquela época?

deixe de ser ingênua; o coiso disse que vai asfaltar a transamazônica se for presidente, para espalhar a devastação da Amazônia, junto com seus demo-sócios da udr....

você fingiu que não ouviu ou não lê nem a imprensa comercial?

tome tento, Marina, você pode ser cúmplice disso!!!

não jogue sua biografia no lixo, como fêz o coiso

kalango Bakunin em outubro 9, 2010 1:47 PM


#55

Valeu! Já enviei a amigos.

Bosco em outubro 9, 2010 3:10 PM


#56

Valeu! Já enviei a amigos.

Bosco em outubro 9, 2010 3:11 PM


#57

Para quem quiser ver uma comparação mais fidedigna entre os governos Lula e FHC, podem acessar o link da revista Época:

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI176275-15223,00-ANOS+DE+EVOLUCAO.html

Ou então este blog:

http://www.braziu.org/2010/09/10/briga-cruzada/

-------------------------------------

Mas tomem um calmante antes de verem os 2 links acima. Vocês vão descobrir que o governo de Lula não foi tão bom quanto parece e o de FHC não foi tão ruim.

NRA em outubro 9, 2010 4:06 PM


#58

Flavio Gomes demitido. Quem será a próxima vítima?

Fernando em outubro 9, 2010 4:21 PM


#59

O "cristão coerente" (oxímoro!) também não pode ter votado na Marina no primeiro turno, pois o PV "é a favor do aborto, da maconha e do casamento gay":
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2010/10/08/pv-que-o-serra-bajula-e-a-favor-do-aborto-da-maconha-e-do-casamento-gay/
Foi de Eymael ou nulo?

Hudson Lacerda em outubro 9, 2010 4:26 PM


#60

que tabelas são estas?temos que ver quem criou uma economia estavel e os principais programas sociais......quem foi lula ou fhc.o que esta em discusão e o gonverno fhc e lula,ñ ela e serra,agora mostrem quem fez mais pelo brasil nestes ultimos 8 anos sem apoio de padrinho politico,mostrando apenas candidato ela ñ tem nada serra tem tudo!

leo em outubro 9, 2010 4:44 PM


#61

Quanto à questão do aborto, o correto é que ninguém(savo raríssimas excessões) é a favor do aborto ou da morte, somos a favor da DESCRIMINALIZAÇÃO do ABORTO, a favor dos anticoncepcionais, da camisinha, do planejamento familiar e da vida.
Só não sei se os eleitores vão entender e aceitar uma posição dessas com ira e ferocidade que a mídia, setores catolicos e protestantes estão atacando.

Dedeco Castro em outubro 9, 2010 5:54 PM


#62

Voltando ao assunto do tópico, gostaria de informar que o colégio federal de ensino fundamental e médio de excelência no RJ, Colégio Pedro II, pela primeira vez expandiu-se além da capital, sendo criadas unidades em Realengo na Zona Oeste; em Niterói e em Duque de Caxias, tudo isso no Governo LULA. Este, não teve oportunidades de estudo mas é o maior amigo do conhecimento e da instrução.

Dedeco Castro em outubro 9, 2010 6:03 PM


#63

Mauricio no seu comentario #46 disse:
"o Brasil não precisa de mais universidades e sim, de escolas de formação técnica."
Mauricio se você não sabe o Fernando Henrique Cardoso e seu ministro da Educação Paulo Renato acabaram com o ensino técnico. Antes deles o técnico + o 2 grau podiam ser cursados juntos. Durante o FHC desastre (quase faliu 3 vezes o Brasil) o ministro Paulo Renato mudou as regras para o curso tecnico e esse somente poderiam ser cursado por alunos que ja tivessem o 2 grau e desestimulou qualquer tipo de politica para os cursos tecnicos. Foi o LULA (no 1 mandato)quem aumentou o incentivo as escolas tecnica...

Jose em outubro 9, 2010 6:49 PM


#64

Como é que se pode ser a favor do aborto e da vida ao mesmo tempo?

Saiu o datafolha. Alguém vai bravatear de que o instituto tem que vir a público dar explicaçoes?

Carlos Bicalho em outubro 9, 2010 7:26 PM


#65

Quantas pessoas, no Brasil, sabem ler gráficos?

Eliane Araujo em outubro 9, 2010 7:48 PM


#66

ô irmão, faltaram este dados que também são importantíssimos:

Novas Escolas de Ensino Técnico - CEFETs[/b]

-Em 08 anos de FHC = 0 (Zero) ABSOLUTAMENTE NENHUMA!

Em menos de 08 anos de Lula = 214 Novas!! Mais de que nos últimos 500 anos!!

-Reservas em Moeda Extrangeira - Dólares[/b]

Em 1994 - Início do Governo FHC com Serra ministro = US$ 38 Bilhões

Em 2002 - Fim de 08 anos de FHC com Serra ministro = US$ 32 Bilhões

Hoje em Menos de 08 anos de Governo Lula = US$ 276 Bilhões!!!!

O Brasil pagou o empréstimo que FHC fez com o FMI = US$ 16 Bilhões, quando FHC fez esse empréstimo decretou "O Brasil quebrado", e o FMI abriu um Escritório aqui no Brasil para MANDAR nas contas públicas, hoje somos credores do FMI.

carlos em outubro 9, 2010 7:54 PM


#67

SENSACIONAL!

Ricardo Tieri de Brito em outubro 10, 2010 1:43 AM


#68

Dilma 48%
Serra 41%

Só na primeira semana. Preocupante!

CADÊ OS 80% DE APROVAÇÃO DO LULA, MINHA GENTE!

nelio em outubro 10, 2010 9:22 AM


#69

Ontem viajei em um onibus com vários trabalhadores de corte de cana, que voltavam da região de Ribeirão Preto para Minas. Duas constatações que fiz ao conversar com eles sobre a eleição: Fiquei impressionado com o grau de informação deles sobre o caso Eduardo Jorge/RF. Quase todos (eram uns dez) tinham um conhecimento até de detalhes do caso e defenderam com inusitada veemencia o sigilo fiscal. E o que achei ainda pior, todos consideravam Écin o grande vitorioso e o vinculavam diretamente a Serra no 2º turno. É de se tirar o chapéu a competência da Rede Globo em se comunicar com as classes populares e em estabelecer opiniões na sociedade a partir de uma série de reportagens no JN. Esse Kamel é muito mais competente que o Alberico e provavelmente vai decidir esta eleição. Com uma ligação direta entre Aécio e Serra, que vai possivelmente ultrapassar a transferência de votos que ocorreu com o Prof. Anastasia e com a pregação dos padres e pastores no interior, que de forma unânime desqualificam e demonizam Dilma, considero que a vitória do PSDB aqui nas Gerais pode ser histórica e determinante na eleição nacional.

Fogoió em outubro 10, 2010 10:39 AM


#70


O que mais eu lamento é a propaganda da Dilma de somar os votos dela e da Marina no primeiro turno e daí concluir que o povo quer uma mulher na presidência. Patético. Vai ver foi ideia do Lula, porque ele citou isso numa entrevista antes do horário eleitoral. Será que eles pensam que dá voto apelar para a burrice do eleitorado? O raciocício é quase de analfabeto funcional.

Carlos Bicalho em outubro 10, 2010 12:25 PM


#71

Bom trabalho. Parabens.

Carimbos em Criciuma em outubro 10, 2010 4:10 PM


#72

Carlos Bicalho, é o desespero. Os petistas tavam achando que as eleições era um mero detalhe, que um determinismo político iria colocar a Dilma lá no planalto de qualquer maneira. O Serra agora sim, parece estar sendo melhor assessorado no marquetim publicitário, largou aquela propagando horrorosa que só fez o eleitorado fugir dele. Nessas últimas propagandas, ele tocou no passado, citando FHC, e deu a entender que o episódio da família Guerra vai bombar pelos próximos dias. Uma das cartas na manga, a ser usada estratégicamente nos dias próximos à eleição, é o vídeo do you-tube com a Dilma declarando ser a favor do aborto. Erro petista dos mais sérios: achar que estavam tão consolidados na falácia dos 80% de aceitação do Lula, que desguardaram a frente. Esqueceram que antigos valores, por mais que pareçam obsoletos, ainda vigoram na identidade de nosso país, que é laico só nos post fundamentalistas do Idelber, pois é católico, e, segundamente, evangélico até a medula.

48% Dilma/41%Serra, só na primeira semana. "O careca se fodeu"? "O careca está sozinho"?

nelio em outubro 10, 2010 5:20 PM


#73

Interessante é constatar que a população está mais esclarecida. Que globo, época, veja e cia não formam mais opinião como antes... Neste segundo turno sou Dilma... Sem Medo... Sou Brasil.

Carlos em outubro 10, 2010 5:47 PM


#74

Desculpem,



mais em primeiro é muita burrice não ver que TUDO que o governo LULA (que lava junto o PT) fez foi dar continuidade ao que tinha sido feito no governo FHC.. E uma coisa que não se percebe é que transferência de renda não é democracia.. Outra coisa, votei em Lula antes, apesar de meus ideais libertários e não acreditar no estado, mais me senti ofendido ao velo abraçado aos beijos com um cara como o Collor.. e coligado de caras como Renam Calheiros e Sarney (Deus é mais)..



Na Bahia os carlistas mais safados estão junto ao PT.. a ponto de ter um deles como vice.. Um ex-prefeito do PP (P.. que Pariu), partido de antigos pelegos carlistas, que na ultima campanha para prefeito, em uma cidade da região metropolitana de Salvador, chegou a acusar a prefeita petista, sua então inimiga, de PORTADORA DE CANCER.. e que a opositora não ia chegar nem a terminar o mandato.. Passada a eleição, mesmo sobre protestos da prefeita reeleita, ele foi feito secretário de estado.. por conta da governabilidade..



Mais uma coisa.. se os gráficos mostram como os índices brasileiros evoluíram.. esta melhora começa, visivelmente, no governo do PSDB.. e até o fato de haver essa progressão mostra como o país estava preparado para crescer..



Agora, eleger uma pessoa despreparada como a Dilma, que assim como Lula, não ficou sabendo de nada que se passava.. é o cúmulo da besteira.. Um programa de crescimento baseado em um commodity energetico de origem fóssil, uma matriz suja e finita.. em vez de investir realmente na educação e em pesquisas.. para que o Brasil se torne realmente competitivo neste período da hiper-modernidade em que vivemos..



e pra terminar, acho que Jesus Cristo, que não gosta de aborto, topou o duelo, e pelo visto não vai levar desaforo para casa..



A Dilma é realmente uma mãe.. A Mãe Joana..

Rui em outubro 11, 2010 1:51 AM


#75

Ridículo o grau de acefalia dos idiotas que insistem em fazer comparações de dados crus. E pior ainda é o grau dos que ainda aplaudem tamanha imbecilidade.

Se bem que acho que o problema não é burrice, pelo contrário, é cara-de-pau mesmo...

rdt em outubro 11, 2010 1:48 PM


#76

Bom,

Como cristão, protestante e praticante sou contra o aborto. Gostaria de lembrar, entretanto, que esse é um posicionamento pessoal, do qual lanço mão independentemente da manutenção, revogação ou alteração da lei vigente que versa sobre a matéria. Pior é, para um cristão, a instrumentalização política do discurso religioso, onde o púlpito, pressuposto sagrado, se converte em palanque para tentar vender um candidato tucano como se pomba ele fosse.

Silas em outubro 11, 2010 5:19 PM


#77

adorei o panfleto...

Izabella em outubro 11, 2010 7:58 PM


#78

Eu fico boba com essa marcação do Serra contra Dilma, jogo sujo sempre, e agora ele achou um prato cheio com essa história de aborto. Espero que o povo não seja burro de votar num crápula desse. Estou com Dilma e não abro, rumo a vitória.

Christiane em outubro 11, 2010 8:03 PM


#79

Jogo sujo, Christiane?

E dizer que o Serra vai privatizar tudo caso se eleja? É fair play?

rdt em outubro 11, 2010 10:49 PM


#80

Não é fair play não, mas é verdade. Talvez não mais a Petrobras (mas vai sucatear novamente), mas o pré-sal...??????

Silas em outubro 12, 2010 10:38 AM


#81

nao dá pra comparar, e se o lula tivesse governado entre 94-02 e o fhc 03-10...

nao voto na guerilheira em outubro 12, 2010 2:18 PM


#82

Sim, Silas, e o fato de que a Dilma já declarou ser a favor do aborto também é verdadeiro. Os dois estão jogando sujo e tentando usar o passado do adversário como arma.

O Serra vai privatizar o pré-sal, é? Por favor...

rdt em outubro 12, 2010 4:18 PM


#83

A comparação no folheto é extremamente injusta e incorreta e por uma razão simples: falta método. Não se compara de forma tão crua governos que aconteceram em tempos diferentes. O que aconteceria com o país se Lula tivesse vencidos as eleições em 94 e FHC em 02?

A primeira falácia no folheto é que as condições externas não são as mesmas. Mas alguns já disseram acima: mas é porque Lula preparou o país para tais condições. Ok, ignoremos esta por enquanto.

Pois bem, e por qual razão o país estava preparado para a crise? Porque Lula guardou reservas. E como guardou? Seguindo as mesmas políticas econômicas de FHC. E essa é a segunda falácia: em economia a ordem importa. Os resultados de Lula em todos os critérios econômicos (PIB, miséria e empregos) apresentados acima são conseqüência, antes de qualquer outra coisa, das políticas herdadas. E se Serra, Ciro ou Garotinho tivessem ganhado em 2002? Os resultados seriam os mesmo? Piores? Melhores? Ninguém sabe. Mas duvido que seriam diferentes, pois em termos de política econômica o governo quase não fez nada de diferente.

O que o governo fez de diferente? Políticas sociais. Isso sim. Nisso Lula decidiu de maneira diferente de FHC. Mas aí também há uma séria armadilha e uma terceira falácia. Para fazer políticas sociais há que se gastar. E só se pode gastar se há dinheiro sobrando. E só houve abundância na União depois de 2002.

Lula tem vários méritos: ampliar o Bolsa Família (usei "ampliar", pois como vi em vídeo hoje, a idéia da unificação dos programas foi do Marconi Perilo e não do governo - procure no youtube), tornando o programa universal, e construir Universidades Federais são os dois mais importantes. O Minha Casa Minha Vida e o Luz para Todos são bons programas, mas não atingiram metas ou não concretizaram os objetivos. Prouni é uma opção de política que discordo, mas respeito. Não contam como méritos: PAC e Fome Zero. O PAC é pirotecnia, pois não é uma política nova, apenas um guarda-chuva que abrigou vários projetos e uma candidata. O Fome Zero foi projeto eleitoreiro e o governo foi sábio em encerrar.

Aos que pretendem votar em Dilma, votem porque apóiam essas ou outras iniciativas e não pelo bom desempenho econômico. Duvido que, mesmo com recursos disponíveis, seriam construídas mais Universidades Federais em um governo do PSDB, por exemplo. Essa é uma possível razão para decidir seu voto. Mas façam uma nova reflexão para não acreditar na terceira falácia: será que o governo fez o que poderia fazer com 8 anos tranqüilos e de prosperidade econômica. O governo não deveria ter feito mais? Outro governo não teria feito melhor?

Votei em Lula em 2002. Esperava muito. Queria mudança. Mudanças sérias, esperadas por muitas pessoas por décadas. Depois de 8 anos o Brasil é melhor. Mas não por conta do governo. Lula fez muito menos do que deveria. E errou muito mais do que poderia. Queria ter razões para votar num governo que quis que começasse. Mas na minha balança de eleitor, os erros pesaram muito mais.

Há grandes diferenças entre FHC e Lula. Há grandes diferenças entre Serra e Dilma. Boas, ruins e péssimas. Há más companhias. Para qualquer um dos quatro. Fáceis de listar. Para todo tipo de eleitor. Mas as diferenças não são as dos folhetos. Esse folheto compara coisas que não são comparáveis. E é bastante injusto e incorreto.

Não acho que Lula fez um bom governo. Respeito quem acha. Mas aconselho: não caia no erro de comparar os governos com critérios econômicos. Não votei em Lula em 2002 para que ele seguisse as políticas econômicas. Votei para que ele mudasse o país com políticas sociais. Se agora os resultados expressivos do governo só aparecem na economia e em um punhado pequeno de políticas, é porque o governo não fez o que deveria.

Reproduzirei o folheto em meu blog pessoal. O folheto é bastante honesto ao citar as fontes (não é honesto na escala do gráfico da miséria). Concordo e apóio que essa é uma maneira limpa, saudável e justa de se fazer política. Muito melhor do que estimular ondas conservadoras, ataques pessoais e calhordices, como tem sido marca deste segundo turno. Mas avisarei a quem passar no meu blog que a comparação é injusta e incorreta.

Leonardo em outubro 13, 2010 1:34 AM


#84

A questão das novas universidades, e principalmente os cefetes é salutar, realmente este governo fez muito bem. Mas há problemas crônicos, a saber, o aumento da dívida interna, o aumento absurdo dos impostos, o aumento nas contratações do governo (os cabideiros), a máquina pública continua ineficiente e gastona... o problema é que essa torre vai desmoronar um dia.

Gabriel em outubro 13, 2010 5:05 PM


#85

GOVERNO LULA: TODO MUNDO COM CASA, CARRO, ESCOLA E SOBRA DINHEIRO NO PAÍS!!!

FERNANDO HENRIQUE E SEUS COMPARSAS:ECONOMIZA 10 ANOS PARA TER UMA CASA, MAIS 10 ANOS PARA TER UM CARRO, ESCOLA E FACULDADE NEM PENSAR.. TUDO TEM QUE SER PRIVATIZADO PARA DAR CERTO.. E PRECISAMOS VENDER TUDO PORQUE NÃO TEMOS DINHEIRO E NÃO SABEMOS ADMINISTRAR !

BANDO DE SEM VERGONHA...
DILMA BATE NELES COM TUDO.. ESSSE SEM VERGONHA NUNCA MAIS PODEM PISAR NO GOVERNO NOVAMENTE!!!

LULA E A TURMA DE BADERNEIROS DOS ANOS 70 HUMILHARAM OS PROFESSORES E POLÍTICOS TAGERELAS QUE SÓ TEM NOME!!
ACORDA POVO DOS ESTADOS DE SC, PR, SP O QUE VOÇÊS GANHARAM ANTES E DEPOIS COMPAREM SEUS BURROS!

Ricardo em outubro 13, 2010 7:19 PM


#86

Caros eleitores ,
Não podemos deixar que o PSDB volte à presidência . Sabemos que a grande massa está sendo beneficiada , o que não ocorreu no governo de FHC.
Não nos deixemos iludir por promessas descabidas e por fatos que não interessam no nosso futuro .

CHARLES em outubro 14, 2010 4:03 PM


#87

Isso tudo é muito lindo no papel, mas será que é tudo verdade.
Agora vamos falar de escândalos no governo FHC e no governo do Presidente sem Dedo (esse já começou errado, amputar um misero dedo para se aposetar é foda)

Leonardo Mendonça Mattos em outubro 14, 2010 6:23 PM


#88

não deixa de ser mais um panfleto tendencioso.
e não redime essa baixaria que está a disputa presidencial.

nenhum candidato a presidente está interessado no social. simplesmente estão interessados em gerar mais dinheiro e mais lucro.

bibiana em outubro 14, 2010 10:40 PM


#89

Se for analisar com cuidado...
Vou falar só do que tenho conhecimento. De cara, já vi logo a "pincelada" em uma "Universidade" criada pelo governo Lula. A UTFPR. Tecnológica Federal do Paraná. Só se mudança de placa for considerado criação de Universidade. Pois foi só o que fizeram no velho e bom CEFET do Paraná, que sempre foi ótimo local de ensino e pesquisa.
Imagino o quanto destes dados não de ve ser verificado "in loco".

João Ishisato em outubro 15, 2010 3:22 AM


#90

é nessas horas que eu tenho orgulho de ser designer, parabéns. Seu infográfico tá d+

danie em outubro 16, 2010 2:30 PM


#91

boa noite, adorei a comparação!
foi algo que faz muita gente cética, enxergar o que realmente aconteceu com o Brasil nos últimos 16 anos...
porque na verdade, de que adianta colocar alguém que sabe tanto e nada faz?
podemos analisar também o que o candidato do PSDB fez nos últimos anos em São Paulo, e eu sinceramente não vi nada melhorar! Vi promessas serem feitas e não sairem do papel como sempre!
mas fico feliz por existirem pessoas que ainda veem com bons olhos a nossa politica. e pode ter certeza que este cartaz está sendo divulgado!
abraços

Ana Carolina Thomaz em outubro 16, 2010 8:49 PM


#92

Eu aprendi no meu curso de jornalismo da FnFI, na Universidade do Brasil, hoje UFRJ, que notícia a favor sem fonte não é notícia. É propaganda !
Quanto as informações postadas acredito que o governo burguêsdo Sr. Lulla não fez nada além da sua obrigação. Gostaria muito que esse governo petista fosse mais a favor dos proletários e não dos patrões. Nunca os banqueiros ganharam tanto dinheiro na historia brasileira.Os nossos juros são os mais altos do mundo. Na presidência do Banco Central, um antigo especulador internacional. Entre os "empresários", o senhor Eike Batista,considerado um dos homens mais ricos do mundo mas, que não produz nada. É dono do hotel e da marina da glória. Sua especialidade é arrematar leilões milionários para as "obras" da primeira dama. Isso sem falar no "talento" do lullinha, filho presidente ulla, que em menos de oito anos assou de um simples fical do zoológico de São Paulo a um dois maiores milionários brasileiros. E o Lulla diz, cinicamente que ele é o seu Bill Gates. Isso é só por hoje. Depois cito outras falcatruas desse desgoverno.

Lincoln Brum em outubro 17, 2010 8:37 PM


#93

CONTEXTUALIZANDO O GOVERNO LULA
Nos últimos anos nos acostumamos a ver recordes sucessivos do governo Lula. A descontextualização dos números, no entanto, supervaloriza as conquistas do atual governo e ajudam popularizá-lo, a ponto do presidente não mais se preocupar com eventuais quedas nos índices de aprovação, mesmo depois de suas veementes defesas a José Sarney e Renan Calheiros, dois dos maiores representantes da política coroneslista que controlam o Congresso brasileiro.

Abaixo enumeramos alguns fatores que supervalorizam os números do governo do PT.

…………………………………………………………………………………………………………

A EVOLUÇÃO NATURAL

Entre os erros mais freqüentes (e mais desonestos) ao se comparar os números entre os governos do PT e do PSDB é ignorar o processo natural de evolução da economia mundial. É algo como comparar um veículo do ano com um veículo de uma década atrás. O veículo novo tem a obrigação de ser melhor, pois muitos dos recursos novos são resultantes do aperfeiçoamento constante da tecnologia, processo este que tem sido acelerado cada vez mais nos últimos anos.

Conclusão 1: o governo Lula tem a obrigação de ter números melhores que os governos anteriores, pois a evolução é uma tendência natural, alimentada pelas experiências e conhecimentos anteriores.

…………………………………………………………………………………………………………

O CONTEXTO DA ECONOMIA BRASILEIRA

Desde que Collor baixou as alíquotas importação (um dos poucos méritos do seu governo), a economia brasileira iniciou um longo processo de modernização e competitividade, que evoluiu na era FHC e se consolidou no governo Lula. Toda reforma, no entanto, tem efeitos colaterais, os quais podem ser sentidos durante anos. A abertura da economia, por exemplo, provocou déficits na balança comercial e a falência de milhares de empresas em todo o Brasil. As que sobreviveram, no entanto, ganharam mercado internacional e prepararam o país para a era da globalização.

A era FHC é, portanto, uma época de transição, onde diversas reformas tiveram que ser implementadas para criar as condições mínimas para um crescimento sustentável. A principal delas era o controle da inflação, um grave problema que se arrastava há anos e que havia derrotado vários planos econômicos. O Plano Real finalmente diminuiu drasticamente a inflação e abriu caminho para a desindexação da economia, o que permitiu sucessivas quedas nos anos seguintes até chegar aos atuais 4.5% ao ano.

Como todo remédio, os efeitos colaterais do processo de controle da inflação foi a explosão da dívida interna do país, resultante das políticas de controle do câmbio em um ambiente de grande volatilidade decorrente da combinação de sucessivas crises internacionais com a ausência de reservas cambiais, a fuga de capitais especulativos e o repasse das dívidas estaduais e municipais à união. Uma outra conseqüência do controle da inflação foi a crise financeira dos bancos que levou o governo FHC a implantar o impopular PROER, programa que saneou o sistema financeiro nacional e que ajudou a atenuar os efeitos da crise internacional do final de 2008, já no governo Lula.

Outras medidas impopulares implementadas pelo governo FHC foram as privatizações de grandes empresas como a Vale do Rio Doce, CSN e as estatais das telecomunicações. Os cerca de 60 bilhões de dólares arrecadados, no entanto, evaporaram nas amortizações das dívidas com o FMI, dívida externa e interna (e certamente via corrupção). A perda de patrimônio, no entanto, só viria a ser compensada em forma de impostos nos anos seguintes com o crescimento constante das empresas privatizadas. A Embraer, por exemplo, privatizada ainda no governo Itamar Franco, deixou a condição de estatal que quase chegou à falência para se tornar em 2008 na terceira maior fabricante de aviões do mundo, atrás apenas da Boeing e da Airbus. A Vale seguiu o mesmo caminho e se tornou a segunda maior mineradora do mundo, reforçando o caixa do governo e multiplicando por cinco seu quadro de funcionários. A privatização das teles provocou uma verdadeira revolução da telefonia no Brasil, permitindo a entrada no Brasil de cerca de 120 bilhões de dólares em investimento e a criação de empregos, a maior parte já no governo Lula.

Conclusão 2: a era FHC é uma época de transição que exigiu do governo decisões impopulares, porém criaram as condições para o crescimento na era Lula.

…………………………………………………………………………………………………………

O CONTEXTO DA ECONOMIA MUNDIAL

A década de 90 foi marcada pelo início do processo de globalização. As grandes economias mundiais entraram em um processo de desaceleração de crescimento devido ao excesso de produção em descompasso com o crescimento do seu mercado consumidor.

Os indícios de estagnação das economias dos países desenvolvidos levaram seus governos a procurar novos mercados em países subdesenvolvidos. Se no início os esforços se concentravam na busca de novos compradores, aos poucos as grandes multinacionais, buscando maior competitividade, ampliaram significativamente suas filiais ao redor do mundo, interligando as economias e quebrando as fronteiras entre as nações.

Aos poucos, os novos investimentos das multinacionais foram sendo transferidos para países subdesenvolvidos (entre eles o Brasil), mercados com grande potencial de desenvolvimento, justamente por ter muito o que fazer (muitas áreas a explorar), além de populações mais jovens.

A economia mundial entrava agora em uma nova era caracterizada principalmente pela interdependência entre as economias. Crises em países como a Coréia do Sul, por exemplo, tiveram repercussões negativas na economia mundial. Países subdesenvolvidos como o Brasil sentiram mais fortemente tais reflexos, devido à volatilidade de suas economias, cujos fluxos cambiais eram mantidos artificialmente através da entrada de capitais de curto prazo, atraídos pelas altas taxas de juros.

No caso do Brasil, as fugas dos capitais de risco nos momentos de crise disparavam a cotação do Dólar, forçando o governo a aumentar ainda mais as taxas de juros, o que tinha uma implicação direta no aumento da dívida interna brasileira. Alguns países como a Argentina, por exemplo, não conseguiram sobreviver às instabilidades da época e também sucumbiram, desencadeando novas crises internacionais menores.

Passada a fase de turbulências, já por volta do ano de 2003, a economia mundial inicia uma fase de crescimento acelerado, com foco principal nos agora chamados “países emergentes”, ou seja, as economias que criaram as condições necessárias para iniciar uma fase de crescimento sustentável. Alguns desses países, devido suas grandes populações e extensões territoriais, como o Brasil, China, Índia e Rússia ganharam grande projeção mundial, justamente por seus potenciais de se tornarem no futuro grandes potências econômicas.

A citação freqüente dos quatro países entre os grandes investidores logo levou ao surgimento da sigla BRIC, composta das iniciais de Brasil, Rússia, Índia e China. A formação deste grupo intermediário no cenário mundial ajudou a quebrar um pouco o monopólio das decisões da economia mundial, antes monopolizado pelo G7.

A fase de rápido crescimento, a partir de 2003, veio a ser interrompida novamente no final de 2008, com a crise financeira originada nos Estados Unidos. Pela sua importância, a crise norte-americana se irradiou pelo mundo. Desta vez, no entanto, o Brasil não sentiu tanto como em outras crises, pois além de ter um sistema bancário saneado na década anterior, pôde contar com o suporte de uma reserva cambial de mais de 200 bilhões de dólares (fruto das sucessivas balanças comerciais positivas) que ajudou a tranqüilizar o mercado no momento mais crítico.

Conclusão 3: A partir dos sinais de estagnação das economias do 1º mundo, o foco dos investimentos das multinacionais foi deslocado para os países em desenvolvimento. Ou seja, o Governo Lula assumiu a presidência em uma época de grandes investimentos.

…………………………………………………………………………………………………………

A GLOBALIZAÇÃO

Ao contrário do que os partidos de esquerda alardeavam nos anos 90, o processo de globalização tem reduzido a distância entre países ricos e pobres, além de interligar as economias. A evolução tecnológica constante decorrente do aumento de competitividade das grandes multinacionais (que passaram a disputar também os mercados dos países subdesenvolvidos) possibilitou uma drástica redução de preços dos produtos, tornando-os cada vez mais accessíveis às populações de baixa renda.

Conclusão 4: As facilidades atuais das classe mais baixas em comprar bens duráveis muito pouco tem a ver com as atuações dos governos. É uma regulação própria dos mercados impulsionados pela evolução tecnológica e pela competitividade, o que tem provocado uma sensível redução dos preços.

…………………………………………………………………………………………………………

O CICLO DO DESENVOLVIMENTO

A história da economia mundial é feita de momentos de crescimento e de crises. Após cada crise, no entanto, sempre ocorre momentos de rápido crescimento. A regra também vale para o Brasil. Depois de chegar ao fundo do poço no governo Collor, o Brasil inicia uma fase de recuperação durante a era FHC, a qual foi interrompida sucessivas crises internacionais (e algumas brasileiras). A partir da era Lula, o Brasil pode finalmente gozar do ciclo virtuoso do desenvolvimento.

Conclusão final: Comparar os números dos governos Lula e FHC sem levar em consideração o contexto histórico é algo, no mínimo, parcial (em alguns casos, desonesto). Uma comparação mais justa seria enumerar o que cada um fez de relevante em termos de projetos, seus custos-benefícios, assim como o que deixaram de fazer. Nem Lula nem FHC são santos. Ambos têm acertos e erros, sendo que os escândalos de corrupção nos dois governos os colocam num mesmo patamar. A diferença é que FHC foi punido com a perda de duas eleições e Lula, ao contrário, deve ganhar pelo menos mais duas eleições graças à incapacidade de discernimento da população brasileira que demoniza FHC e santifica Lula, com base numa comparação injusta.
http://visaopanoramica.wordpress.com/2009/07/19/contextualizando-o-governo-lula/

Sandro em outubro 22, 2010 3:11 AM